Emponderando Mulheres de Facilities
Faça a diferença  |  Login

Blog você está em: home / Blog

Sustentabilidade Empresarial aos olhos do Facilities Management

Sustentabilidade Empresarial aos olhos do Facilities Management
2 Ago 19

Última alteração - 04/08/2019 21:25:45

Sou a Natasha Gonda, Gerente de Facilities na ( evino ) e responsável pelo Comitê e as ações de Sustentabilidade. Neste artigo, compartilharei o meu ponto de vista sobre a Sustentabilidade Empresarial, dicas sobre ações que poderão ser implementadas na sua empresa e insights que te ajudarão a influenciar as pessoas a comprarem a ideia da Sustentabilidade, além de tornar os cidadãos ecologicamente corretos em suas ações.

A Sustentabilidade Empresarial se tornou praticamente uma obrigação das empresas que desejam se destacar no mercado cada vez mais competitivo em que estamos inseridos atualmente.

Dito isso, é evidente a constante necessidade da conscientização, da redução de custos e de uma sociedade sustentável. E isso tudo, graças à expansão da consciência ambiental da sociedade, o aumento da demanda por serviços e produtos com menor impacto socioambiental, e as empresas que adotam práticas ecologicamente corretas.

O que dificulta a tomada de decisão, é que é comum achar que ao introduzir a prática da Sustentabilidade Empresarial, a empresa necessariamente perderá dinheiro. Isso não é verdade: além de melhorar a imagem da empresa, possibilita a conscientização e traz medidas de economia que contribuem para a redução dos custos, o que pode ser convertido em ganhos monetários a longo prazo.

Mas, antes de mais nada, é necessário avaliar as ações de acordo com a realidade de cada empresa (o momento econômico-financeiro, o público, a cultura, a missão e os valores) para que em seguida, seja viável adotar e executá-las. Assim, ela será mais bem vista no mercado de trabalho em nível de reconhecimento.

É importante ter em mente que a sustentabilidade empresarial não se baseia apenas em atitudes superficiais internas. Para estar de acordo com o conceito de Sustentabilidade Empresarial, as práticas adotadas pela empresa devem apresentar resultados práticos e significativos para o meio ambiente e a sociedade como um todo.

É também preciso nos conscientizarmos do nosso papel frente ao planeta Terra e nos responsabilizarmos pelo impacto dos nossos atos na sociedade. Como? Com o conjunto de práticas sustentáveis que deixam menos prejudicial o uso dos nossos recursos internos.

Veremos adiante como as empresas podem contribuir positivamente, mas antes, fica a dica: você precisa ser um exemplo e acreditar no que pede aos funcionários!

1. COPOS DESCARTÁVEIS

A pausa para o cafezinho pode estar te trazendo prejuízos. Empresas sustentáveis incentivam seus colaboradores a eliminarem o uso de copos ou qualquer tipo de material descartável, pois, quanto mais eles são utilizados, mais lixo eles geram.

E veja só: não adianta abrir exceções caso funcionários reclamem e peçam copos descartáveis pelo simples motivo da comodidade.

 

Na ( evino ), por exemplo, retirei os dispensers de copos descartáveis e estimulei o uso de canecas individuais (sua empresa pode até fornecê-las para os funcionários e apesar do custo inicial ser um bom investimento, com a redução dos copos de plástico, em em um período curto, você irá recuperar o dinheiro investido) ou copos laváveis, para que todos possam ajudar a construir uma empresa mais sustentável do ponto de vista ecológico, financeiro e humano. Os nossos visitantes utilizam, também, apenas copos de vidro.

De nada adianta retirar os copos descartáveis e colocar os de mandioca. A ideia é suspender por completo o mau uso dos insumos, trazer um impacto instantâneo e não substituir por algo de menor impacto. Seu intuito tem que ser oferecer produtos duráveis e não perecíveis.

O mesmo serve para: talheres e papéis de rascunho nas salas de reunião. Na ( evino ), usamos talheres de inox e cada um lava os seus após o uso; em relação às substituição das folhas, utilizamos nossos cadernos personalizados.

Isso vai fazer não só com que o meio ambiente ganhe, mas também você vai economizar na conta da compra de suprimentos no final de cada mês, e acredite: o Financeiro agradece.

2. RECICLAGEM

A reciclagem nada mais é do que o reaproveitamento de materiais beneficiados como matéria-prima para um novo produto, como por exemplo: papel, vidro, plástico e metal. É um processo importante para a diminuição do lixo e a extração de recursos, porém não é a única medida responsável por uma sociedade sustentável.

O primeiro passo para a realização do processo de reciclagem é a coleta seletiva. Você pode optar por incrementar essa política internamente, mas de nada adianta adotá-la se o prédio que faz a coleta geral não possuir um sistema de reciclagem para o próximo passo. Os dois precisam conversar, a não ser que a própria empresa seja a única inquilina do prédio. Neste caso, faz-se necessária a contratação de uma empresa especializada.

Adquirir as lixeiras corretas (cada cor tem sua destinação). Geralmente, divide-se primeiramente o material reciclável do não reciclável e, em seguida, separa-se o que é reciclável em metais, plástico, papel e vidro.

O correto é investir nas lixeiras recicláveis coloridas, em que cada uma possui uma Sinalizo, abaixo, os mais usados:

Azul: papel/papelão

Amarelo: metal

Marrom: resíduos orgânicos

Vermelho: plástico

Verde: vidro

Em caso de 0 budget ou até falta de espaço, é possível investir em lixeiras normais (de preferência maiores para a destinação reciclável) e sacos de lixo na cor azul ou vermelha para segregar da cor preta, clássica, que é utilizada para os resíduos orgânicos. Vale a pena, apenas, conferir antes com a Gestão Predial se esse modelo os atende e em seguida fazer o alinhamento com a área de compras e a equipe de limpeza.

E, como tudo é visual até que seja fixado na mente, é interessante que o departamento de Marketing crie uma arte interna para fins de identificação de cada lixeira, incluindo alguns exemplos de alimentos destinados para cada uma delas.

O mais importante é relembrar internamente com frequência o motivo da ação e adotar a política dos 5Rs, que envolve: Repensar, Reduzir, Recusar, Reutilizar e Reciclar.

3. TI

A famosa TI VERDEimplementa diversas práticas sustentáveis em empresa de tecnologia da informação, para realizar o descarte e manuseio correto dos equipamentos eletrônicos, entre outra ações, para fins de economia interna e menor impacto ambiental.

Vejamos algumas abaixo:

3.1. USO CONSCIENTE DAS IMPRESSORAS

É necessário conscientizar os funcionários sobre o uso delas e do ato da impressão em si. O seu TI deverá seguir e promover boas práticas, mas, caso não o faça, te darei algumas sugestões, que podem ser configuradas pelo próprio usuário na hora de selecionar a função da impressão: impressão frente e verso; diminuição da tinta to toner na impressão, diminuição do tamanho da fonte etc.

Os papéis que foram utilizados para impressão e não servirem mais, poderão virar folhas de rascunho ou pequenos blocos de anotação (o Financeiro adora!). Além disso, você pode espalhar pela empresa lixeiras, para facilitar a separação do lixo orgânico e do lixo reciclável, por exemplo.

Na ( evino ), certa época em que desperdiçávamos muito papel, comecei a justar todas as folhas largadas pelo escritório e nas impressoras por algumas semanas, e fiz uma pilha. Tirei foto das quase 5.000 folhas (10 pacotes de folhas A4), enviei no nosso canal corporativo e converti a quantidade em árvores cortadas (uma árvore dá cerca de 15 resmas de papel e uma resma equivale a 500 folhas) para dar um choque de realidade. E não é que funcionou?!

3.2. RECICLAGEM DE TONER

Geralmente a empresa terceirizada pela gestão das impressoras possui o serviço de retirada e reciclagem após o uso. Consulte-a antes de fazer o descarte inadequado e reserve os Toners em algum local específico para que os entregue na manutenção preventiva. Caso a impressora seja própria, procure locais especializados para a coleta ou entrega, além da reciclagem correta.

 

3.3. RECICLAGEM DE PILHAS

Lixeiras específicas para a coleta de pilhas e baterias são baratas e tem um impacto bem positivo interna e externamente. As pilhas possuem componentes altamente tóxicos e prejudicais à saúde e ao meio ambiente, de forma que o descarte correto é imprescindível. Na Evino, possuímos duas delas e a cada 6 meses as enviamos para reciclagem ao Museu do Computador, juntamente com demais itens.

 

3.4. RECICLAGEM OU VENDA DE EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS?

Os resíduos eletrônicos representam 5% do lixo do planeta e possuem diversos componentes tóxicos que acumulam mais de 50 milhões de toneladas!

Há empresas que compram equipamentos obsoletos, mas, ao meu ver, não é a melhor opção. Na Evino, temos uma caixa de armazenamento, na qual colecionamentos computadores, monitores, cabos, telefones etc, para que semestralmente façamos a entrega ao Museu do Computador. Estimulamos, também, os funcionários a trazerem celulares antigos, entre outros equipamentos que não usam e têm guardados em casa.

Agora, se você tem equipamentos que estão em bom estado e podem ser reutilizados, mas que você não pretende usar, você poderá optar pela venda interna ou externa.

 

5. DEMAIS AÇÕES

5.1. PAISAGISMO: plante árvores e plantas ou procure empresa de paisagismo para locação. Elas filtram o ar, absorvem os poluentes de ambientes fechados, aumentam a umidade do ar e minimizam em até 20% a poeira. Em outras palavras, ajudam a retirar o CO2 do ar e liberam oxigênio, além, claro, de decorarem o ambiente.

5.2. ILUMINAÇÃO: troque as lâmpadas incandescentes por fluorescentes (-60% de energia no seu bolso e na geração de energia pelo meio ambiente). O custo de troca e aquisição é alto, mas com o passar do tempo, você irá amortizar o valor pago.

5.3. REFRIGERAÇÃO: limpe e troque os filtros do ar condicionado com frequência. Entendo que para isso, você deverá contratar uma empresa especializada para prestar serviço de manutenção. Equipamentos sujos consomem mais energia e liberam mais de 160 quilos de CO2 na atmosfera por ano. Além de tudo, a saúde dos seus funcionários também é influenciada.

5.4. ELETROELETRÔNICOS:geladeira, impressora, computadores, entre outros equipamentos, podem ajudá-lo a economizar energia e suprimentos e também a tornar a sua empresa ainda mais sustentável. Neste sentido, opte por aparelhos mais novos e que estejam dentro dos padrões de classificação de consumo sustentável de energia (selo PROCEL de Economia de Energia).

 

5.5. TRANSPORTE: incentive o uso de transportes alternativos. Nem sempre é vantajoso sair de casa e ir trabalhar utilizando o carro próprio, principalmente em grandes metrópoles como São Paulo, por exemplo, onde o trânsito é um dos maiores causadores de estresse e poluição que existem em nosso país.

Incentive, também, a irem trabalhar de bicicleta. Na Evino, pela alta de demanda de procura interna, dei a ideia à Gerente Predial usar o espaço da garagem e montar um bicicletário para a satisfação e qualidade de vida dos locatários. O projeto foi aceito e deu super certo!

Outra coisa que você pode fazer e que é altamente eficiente é estimular as caronas solidárias, em que um colaborador dá carona a outro ou outros que morem perto dele, fazendo com que mais carros permaneçam nas garagens e não poluam o meio ambiente. Esse tipo de ação ajuda também a estreitar os laços entre os colegas de trabalho.

 

6. FORNECEDORES

Num contexto geral, você deverá obter parceiros e fornecedores que se identifiquem com as suas ações e o seu propósito!

7. COMITÊ DE SUSTENTABILIDADE

Eu sempre digo: o Comitê requer pessoas comprometidas e com vontade de fazerem a diferença. Requer tempo e dedicação, além dos demais trabalhos rotineiros: atividades, projetos e metas.

Sempre há quem se empolgue com o projeto e no meio do caminho o abandone; por isso, não desanime! Comunique internamente a importância do comprometimento e como Gestora, siga o seu propósito, com ou sem os demais colegas.

Promova também treinamentos sobre sustentabilidade e uso consciente dos recursos internos para a equipe de Facilities, para mostrar a importância de adotar e promover práticas sustentáveis, além de fazer bom uso dos recursos da empresa.

Por fim, caso queira fazer um Benchmarking comigo e discutir demais projetos que tenho implementado, sinta-se à vontade para entrar em contato.

 

Forte abraço,